Rio São Francisco: Chesf reduz vazão do reservatório de Sobradinho para 2.600 m³/s neste sábado (21)




Em continuidade ao processo de divulgação de informações a respeito da operação dos reservatórios da Bacia do Rio São Francisco, a Chesf comunicou em carta circular nesta sexta-feira (20), que o Operador Nacional do Sistema Elétrico - ONS apresentou a necessidade de reduzir as defluências de UHE Sobradinho, tendo em vista a recuperação do armazenamento da UHE Luiz Gonzaga para valor superior a 30% de seu volume útil.


Desta forma, destaca-se que a partir deste sábado(21), a defluência média diária da UHE Sobradinho será reduzida da faixa de 2.900 mo/s para 2.600 m/s.


Com relação à defluência média diária da UHE Xingó, esta permanecerá na faixa de 2.300 mols, podendo ser elevada para 2.900 mols, a depender da necessidade de atendimento ao Sistema Interligado Nacional - SIN, conforme procedimento de otimização energética envolvendo as diversas regiões do país, coordenado pelo ONS.


A Chesf chamou atenção para a importância da não ocupação de áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, haja vista que em condições emergenciais, a exemplo da necessidade de maximização de geração para atendimento ao SIN, as usinas de Sobradinho e Xingó tem capacidade de turbinar valores da ordem de 4.200 m/s e 3.000 m/s, respectivamente.



Fonte: Ascom / Chesf