Rui Costa foi 'irresponsável' ao negar segurança, diz porta-voz da Presidência.


O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, criticou, nesta terça-feira (23), a decisão do governador de Rui Costa (PT) de proibir policiais militares na inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista, que teve a presença do presidente Jair Bolsonaro.

Para Rêgo Barros, Rui teve uma atitude “irresponsável”. Segundo ele, Bolsonaro considerou a decisão do governador como uma “descortesia” com o presidente da República.

A recusa do governo da Bahia em atender à solicitação para que a Polícia Militar, mas não apenas a Polícia Militar, os bombeiros militares, a Polícia Civil, participasse das ações de segurança da área em nenhum momento colocou em risco a segurança pessoal dele (Bolsonaro), que foi realizada por integrantes do Gabinete de Segurança Institucional, das polícias Federal e Rodoviária Federal e das Forças Armadas”, disse. “Em contrapartida, a ação irresponsável daquele governo deixou vulnerável a população baiana, que prestigiou a sua presença. Caso tivesse ocorrido algum tumulto, a Polícia Militar não estaria presente para resolver o problema”. acrescentou. 




Fonte: Bahia Notícias