Sem presença de Trump, Biden toma posse e conclama unidade nos Estados Unidos



Em sua posse como novo presidente dos Estados Unidos, nesta quarta-feira (20), o democrata Joe Biden pediu por tolerância e unidade na nação e prometeu governar para todos os americanos. “Tanto para os que votaram em mim quanto para os que não votaram”, disse. O pedido contrastou com a ausência do ex-presidente Donald Trump, o primeiro a não participar da cerimônia do sucessor nos últimos 150 anos de história do país. As informações são do portal G1.

"A política não precisa ser fogo que queima e destrói tudo em seu caminho. Nós precisamos ser diferentes disso. Nós precisamos ser melhores que isso", afirmou Biden. "Eu sei que as forças que nos dividem são profundas e verdadeiras. Mas não são novas”, prosseguiu, em seu pedido por unidade.

O senador republicano Roy Blunt e a senadora democrata Amy Klobuchar também falaram, conclamando a união do povo estadunidense. “Não é um momento de divisão, mas de unificação”, disse Blunt. “Este é o dia em que nossa democracia se recupera, remove a poeira e faz o que a América sempre faz: avança", comentou Amy.

O ex-presidente George W. Bush foi outro republicano a comparecer à posse, acompanhado ainda dos democratas Bill Clinton e Barack Obama. Em discurso, Biden fez questão de agradecer as presenças dos ex-governantes.

Kamala Harris, a primeira mulher e primeira pessoa negra a ocupar a vice-presidência dos EUA, também tomou posse nesta quarta-feira (20). A democrata, que é filha de imigrantes - mãe indiana e pai jamaicano -, foi escolhida por Biden na campanha como uma sinalização às minorias do país, que se tornaram um alvo do governo durante a gestão de Donald Trump. Ela substitui o republicano Mike Pence.

LADY GAGA E JLO


A posse de Biden teve ainda as participações de duas famosas cantoras norte-americanas: Lady Gaga, que cantou o Hino Nacional dos Estados Unidos, e Jennifer López, que interpretou a canção “America The Beautiful” (“América, a Linda”, em tradução livre), que ficou consagrada na voz de Ray Charles.

No meio da sua apresentação, JLo, que nasceu em Nova Iorque, em uma família de portorriquenhos, aproveitou para dizer uma frase em espanhol: “Uma nação sob Deus, indivisível, com liberdade e justiça para todos”. Conforme dados do Escritório do Censo em 2014, pelo menos 55 milhões de pessoas nos EUA são latino-americanas.




Fonte: Bahia Notícias

Sua opinião é importante para nós. Faça o login e deixe seu comentário no rodapé de nossas matérias. O CARTAZ DA CIDADE agradece por sua participação.

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087