Site do CNJ sofre ataque hacker e informações de usuários são vazados.


Na madrugada desta segunda (01), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sofreu um ataque hacker, que resultou no vazamento de dados de pessoas que já utilizaram os serviços do CNJ, como nomes completos, números de contas bancárias, telefones, CPFs e senhas. 


Em nota divulgada à imprensa, o CNJ informou que "nenhum sistema de informações processuais foi atingido" pelo ataque. Portanto, diz o comunicado, o PJe e o banco de monitoramento de prisões (BNMP) não foram afetados. Segundo o site Defcon Lab, o ataque foi feito por uma hacker que usa o codinome Al1ne, de uma equipe chamada Pryzraky. Já o site TecMundo afirma que são cerca de seis mil linhas de dados com informações pessoais e credenciais de acesso para serviços do CNJ. 


A hacker deixou uma mensagem em indonésio: "Uma criança nascida hoje crescerá sem uma concepção de privacidade. Eles nunca saberão o que significa ter um certo momento para si pensamentos que não são registrados e não analisados. E isso é um problema porque a privacidade é importante; a privacidade é o que é possível devemos determinar quem somos e quem queremos ser”. O CNJ informou que já acionou as autoridades e tomou as medidas necessárias para apurar os fatos e manter a segurança do Portal.




Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087