Testes de vacina da Johnson contra Covid-19 são pausados após doença inexplicada de participante



O estudo com a vacina desenvolvida pela Johnson & Johnson's foi pausado após um participante desenvolver uma doença inexplicada. O anúncio foi feito pela empresa nessa segunda-feira (12). 


Esse é mais um dos imunizantes contra a Covid-19 que está em fase de testes. No Brasil, a Anvisa informa que há sete mil participantes de um total de 60 mil voluntários espalhados pelo mundo. A Bahia é um dos estados com voluntários sendo testados.


Segundo informações do G1 Bem Estar, um documento enviado a pesquisadores externos que executam a fase de ensaios indica que uma "pausa regulamentar" será cumprida. O mesmo ocorreu com a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford com o laboratório AstraZeneca, em setembro. Com eles, a pausa durou cerca de uma semana até que os testes foram novamente autorizados.


No caso da Johnson, o sistema usado para inscrever pacientes foi fechado e o Conselho de Monitoramento de Segurança de Dados (DSMB), órgão que atua de forma independente, convocado. "Eventos adversos - doenças, acidentes etc - mesmo aqueles graves, são uma parte esperada de qualquer estudo clínico, especialmente grandes estudos", disse o comunicado oficial.


De acordo com a empresa, a doença do participante está sendo "analisada e avaliada" pelo conselho e pelos médicos internos. O estado dele é tratado de forma reservada, em respeito à privacidade.



Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087