Usuários relatam dificuldades nos canais de atendimento da Defensoria Pública de Juazeiro



Ao chegar na Defensoria Pública de Juazeiro localizada na Rua do Paraíso, bairro Santo Antônio, o cidadão encontra um comunicado no portão orientando para acessar os canais de comunicação. De acordo com Renato dos Santos, morador do Bairro Coreia, que buscou o serviço no mês de março contou que os telefones e e-mail disponíveis para atendimento não funcionam.


“Fui atrás de um advogado pela Defensoria Pública e não tive suporte. Cheguei no prédio da defensoria e só tem um papel com aviso para entrar em contato, eu ligo não completa a ligação eu mando e-mail e não me respondem", relatou o cidadão.


A equipe do site Cartaz da Cidade tentou os canais de comunicação divulgados no comunicado pelo órgão com o objetivo de verificar o acesso aos serviços jurídicos. A primeira tentativa foi pelo número 129 e a atendente virtual apresentou três opções para o atendimento: 1 - auxilio emergencial, 2 - agendamento, 3 - ouvidoria.


Na opção para agendamento, a atendente virtual encaminha o usuário para o site www.defensoria.ba.def.br, ou pelo aplicativo da Defensoria Pública da Bahia para celulares Androide e uma terceira forma de contato é por e-mail, alternativa escolhida por Renato dos Santos e que até o momento não teve retorno.


Em contato com o Coordenador Regional da Defensoria, André Cerqueira, o mesmo explicou que atualmente o órgão está com uma demanda alta e que já foi dobrada a quantidade de atendentes na central. Segundo ele, já foram adquiridas mais seis linhas e a expectativa é que tudo se normalize nas próximas semanas.


Iana Lima - Jornalista

Produção: Viviane Santos

Comente e Compartilhe!